Agência Sorocaba de Notícias

SECOM

Águas do Supiriri já passam pelo novo canal

17 de fevereiro de 2020 15:37

Por: Carlos Lara - carloslara@saaesorocaba.sp.gov.br


Após a conclusão das interligações em cada uma das duas extremidades, o novo canal do Supiriri já está recebendo as águas do córrego desde a última sexta-feira (14).

A primeira das duas interligações do novo canal ao antigo ocorreu na pista sentido centro-bairro da avenida Dr. Afonso Vergueiro, na altura da rua Rio Grande do Sul, e a segunda e última aconteceu logo após o cruzamento com a avenida Dr. Eugênio Salerno, já no interior do centro comercial Cheda. Foi neste momento de finalização das interligações, na semana passada, que as águas do Supiriri passaram a correr no interior do novo canal.

As obras de adequação da canalização do córrego Supiriri foram necessárias após o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Sorocaba detectar que um trecho do canal antigo, numa extensão de 340 metros, formava um “estrangulamento”, provocado por duas linhas de tubos de apenas 1,50 metro de diâmetro, insuficientes para a drenagem necessária em períodos de chuvas intensas, situação responsável pelos alagamentos na região da vila São João.

Desta forma, foi justamente nesse trecho que a autarquia substituiu a antiga tubulação por um novo canal, formado por aduelas de concreto de 4 metros de largura por 2 metros de altura.

Grama, árvores, paisagismo e asfalto

Nesta segunda-feira (17) a empreiteira vencedora da licitação e contratada da autarquia para a execução das obras deu início ao trabalho de recomposição do canteiro central da avenida Dr. Afonso Vergueiro, que precisou ser aberto para a instalação das grandes aduelas de concreto.

Nesse primeiro momento o trabalho está consistindo na implantação de novas guias e sarjetas e na etapa seguinte a terra atualmente existente será removida, sendo substituída por uma nova, apropriada para plantio.

O projeto paisagístico, que vem sendo desenvolvido pelo Saae e pela Secretaria do Meio Ambiente, Parques e Jardins (Sema), prevê o plantio de grama, árvores, arbustos e plantas ornamentais diversas.

Ainda de acordo com a programação estabelecida, o pavimento asfáltico também será refeito nos pontos em que foi necessário a sua demolição e onde foi colocada capa asfáltica provisória e emergencial para a liberação das pistas ao tráfego de veículos.

As obras de adequação do canal do córrego Supiriri têm um custo de R$ 4 milhões, com 80% desse total sendo provenientes de recursos do Fundo Estadual de Recursos Hídricos (Fehidro) e os demais 20% de contrapartida da autarquia.


Saiba mais