Agência Sorocaba de Notícias

SECOM

Especial 366 Anos – Um aniversário para celebrar com a vinda de quatro novas empresas

12 de agosto de 2020 17:24

Por: Mariana Dearo


Desenvolver estratégias e ações que conduzam ao desenvolvimento econômico e social, atraindo investimentos, incentivando novos empreendimentos e, consequentemente, estimular a empregabilidade. Essa é a missão da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo (Sedettur) da Prefeitura de Sorocaba que acompanhou, somente neste ano, a efetivação da instalação de quatro empresas na cidade com a geração de aproximadamente 500 vagas diretas de emprego. Segundo a Sedettur, em 2019 ocorreram 13 prospecções de empresas com a intenção de se instalar, ou ampliar suas instalações, em Sorocaba.

De acordo com o Secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo, Fernando Oliveira, entre julho de 2019 a julho 2020, a cidade recebeu anúncios de investimentos de R$1,2 bilhão de empresas que estão se instalando, ou ampliando suas plantas.

Investindo aproximadamente R$30 milhões e gerando 250 vagas de empregos, a rede de supermercado São Vicente foi uma dessas empresas e inaugurou sua 21ª loja no início de março de 2020.

Para produzir um novo veículo, a empresa Toyota do Brasil anunciou em setembro do ano passado que iria investir R$1 bilhão na fábrica de Sorocaba. Durante o anúncio do investimento, os representantes da empresa destacaram que a decisão se baseou no fato de a cidade reunir fatores fundamentais como infraestrutura e mão de obra para o plano de expansão da Toyota.

 APLs

Melhorar o desempenho produtivo de empresas é uma das premissas da Sedettur que há três anos realiza atividades objetivando a formação de Arranjos Produtivos Locais (APLs) nos setores Aeronáutico, Cervejeiro e Metal Mecânico e que foram reconhecidos pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico do Estado em junho de 2020.

Para o titular da Sedettur, os Arranjos Produtivos Locais refletem no desenvolvimento da economia regional em ganhos de competitividade e escalada entre os participantes. “Cada setor está sendo trabalhado de uma forma pois possuem níveis de maturidade diferentes”, pontua.

Pertencente ao segmento metal mecânico, o Grupo Assa Abloy se instalou na cidade em abril deste ano, investindo R$ 1,5 milhão e gerando 60 vagas de empregos.  A diversidade de setores e atividades industriais presentes na cidade evidencia a variedade econômica e produtiva que tem boa parte de sua história na indústria. Vale destacar que a participação da indústria metal mecânica em Sorocaba corresponde a 41%.

Sobre o setor aeronáutico, Sorocaba conta com duas das maiores fabricantes de jatos executivos do mundo (Embraer e Dassault) e poderá no futuro se tornar um aeroporto para voos executivos. Diante dessa realidade foi identificada a presença de diversos setores ou atividades presentes na cidade, contando com mais de 45 empresas do segmento. “Dentro do complexo do aeroporto existem duas associações que em conjunto, trabalham buscando interesses do setor que possui grande representatividade no mercado, destacando o serviço de excelência que faz com que a cidade seja reconhecida por esse trabalho”, reforça Oliveira.

Em relação ao APL Cervejeiro, as primeiras ações sem associação formalmente constituída ocorreram em 2017 com a criação da Rota Cervejeira, idealizada pela Secretaria de Cultura (Secult) em parceria com as cervejarias Bamberg; Burgman, Happy Brew e Hoffen. Em fevereiro de 2018 a associação foi fundada por oito cervejarias.

Atualmente são 11 cervejarias associadas instaladas nos municípios de Sorocaba; Votorantim, São Roque e Tatuí, contando com 120 colaboradores diretos e faturamento que supera os R$30 milhões. Juntas, produzem 3 milhões de litros de cerveja por ano divididos em mais de 30 estilos, produzidos com mais de 50 rótulos e que, em alguns casos, já podem ser encontrados em grandes redes de supermercados.

Uniten e Pat

Buscando geração de renda e empreendedorismo, a Universidade do Trabalhador, Empreendedor e Negócios (Uniten) atua promovendo cursos de capacitação profissional gratuitos e priorizando na distribuição dessas vagas, aqueles que encontram-se desempregados.

De julho a dezembro de 2019, a Uniten ofereceu mais de 1.600 vagas divididas em 55 cursos profissionalizantes. Em 2020, as primeiras turmas estavam previstas para iniciar em março, quando foi decretada a pandemia decorrente do novo coronavírus, dessa forma, as aulas foram canceladas.

Todos os cursos ofertados pela Uniten são relacionados às necessidades do mercado de trabalho local e informadas pelo Posto de Atendimento ao Trabalhador (Pat), que ofertou nos últimos 12 meses, 5.334 vagas, inserindo mais de 4.600 trabalhadores no mercado de trabalho.

Somente no primeiro mês de 2020, o órgão municipal registrou um crescimento de 95% nas contratações, em comparação ao mesmo período do ano passado. Foram mais de 850 trabalhadores inseridos no mercado de trabalho, sendo mais de 400 deles, no setor de comércio.

Mesmo com a cidade na fase vermelha do Plano São Paulo em virtude da pandemia, no mês de junho, outros 250 trabalhadores se efetivaram no mercado de trabalho através do PAT. Neste período, o setor que mais contratou foi o da construção civil, seguido pelo setor de prestação de serviços.

 


Saiba mais

Fotos

22 de setembro de 2020 17:22

21 de setembro de 2020 12:02