Agência Sorocaba de Notícias

SECOM

Jacaré-açu e anta passam por check-up no zoo de Sorocaba

13 de fevereiro de 2020 14:57

Por: Mariana Campos - macampos@sorocaba.sp.gov.br


Duas espécies que habitam o Parque Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros” foram avaliados preventivamente por uma equipe veterinária neste mês de fevereiro e estão bem. Um dos animais que passou por check-up foi o jacaré-açu (Melanosuchus niger) Wally, que realizou no dia 3 de fevereiro uma série de exames para verificar o seu estado de saúde. Já na última terça-feira (11), foi a vez da anta (Tapirus terrestris) Gabi, que recebeu a visita do médico veterinário Dr. Roberto Fecchio, especialista em Odontologia de Animais Selvagens.

De acordo com a Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Sema), responsável pelo zoo, os animais do “Quinzinho de Barros” passam periodicamente por exames preventivos para verificar a saúde do animal. Isso ocorre pelo menos uma vez ao ano. Esses check-ups são fundamentais para a manutenção da saúde dos animais, prevenindo novas enfermidades, e visando sempre o bem-estar animal e sua qualidade de vida, fatores fundamentais para conservação das espécies.

Wally tem aproximadamente 40 anos de idade e habita o zoo desde 1980, integrando o time de animais idosos do parque. No início deste mês ele fez ultrassom abdominal, endoscopia, avaliação neurológica e exames laboratoriais. O jacaré-açu é um animal exclusivamente da América do Sul e é o maior jacaré do Brasil, vivendo na região Amazônica.

Já a Gabi, além de receber cuidados dentários na terça-feira, também fez coleta de sangue pela equipe do zoo, para exames laboratoriais e banco de soro. A anta é encontrada na América do Sul e está listada como vulnerável à extinção, segundo a União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN), e também consta na Lista Nacional Oficial de Espécies da Fauna Ameaçadas de Extinção do ICMBio.

O zoológico de Sorocaba tem mantido e reproduzido a espécie com muito sucesso, como é o caso da Gabi, que nasceu no dia 2 de abril de 2004 e já teve dois filhotes no zoo. Recentemente em 2019, duas antas participaram do projeto Refauna (Rede para Reintrodução de Fauna e Restabelecimento de Interações Ecológicas), que tem como principal objetivo repovoar animais em uma região do Rio de Janeiro, reintroduzindo ao ambiente natural os animais criados sob cuidados humanos, reconhecendo o papel dos zoológicos em prol da conservação da natureza.

O “Quinzinho de Barros” é considerado um dos zoológicos mais completos da América Latina e classificado no Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) na categoria A, que é a mais elevada. Além do lazer, o parque vem desempenhando ao longo desses anos um importante trabalho de conservação, pesquisa, bem-estar animal e educação ambiental, que são as cinco funções de um zoológico moderno.

O Parque Zoológico Municipal está localizado na rua Teodoro Kaisel, 883, na Vila Hortência, e funciona de terça a domingo, das 9h às 17h. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (15) 3227.5454.


Saiba mais