Agência Sorocaba de Notícias

SECOM

Livros alvo de investigação são retirados da Arena pela Prefeitura

15 de janeiro de 2021 20:43

Por: Jaime Ribeiro


 

 

 

Os mais de 1 milhão de livros paradidáticos que foram comprados pela antiga administração municipal e estavam armazenados na Arena Multiuso começaram a ser transportados pela Prefeitura de Sorocaba, nesta sexta-feira (15), para um próprio municipal ligado à Sedu (Secretaria da Educação).

Adquiridos pela gestão anterior, a um custo de mais de R$ 29 milhões, os exemplares são alvo de investigação pela Corregedoria Geral do Município (CGM). Os livros nem chegaram a ser desembalados pela antiga administração, ficando acondicionados em 346 pallets, ocupando um espaço inadequado na Arena, que deveria servir para a prática esportiva no recinto.

A Corregedoria, em parceria com as secretarias da Educação (Sedu) e de Relações Institucionais e Metropolitanas (Serim), acompanha o caso e investiga as possíveis implicações legais na aquisição desse material, efetuado pela gestão passada, às pressas, no mês de dezembro de 2020.

Para a Corregedoria, houve claros indícios de desrespeito ao princípio de eficiência, além de desperdício de recursos públicos e a ausência de um devido planejamento pedagógico.

A investigação deverá apurar as responsabilidades, podendo apontar para a prática de improbidade administrativa e de conduta funcional pelos agentes públicos que, na época, atuavam na gestão municipal.

A remoção do material terá início na próxima quarta-feira (20) e, sobre o destino de uso do material, a Sedu informa que está sendo instituída uma comissão para análise dos títulos paradidáticos e sua indicação de acordo com cada etapa escolar. Em paralelo, também está sendo elaborada uma licitação para execução dos serviços de logística de distribuição dos livros à toda a rede municipal.

 


Saiba mais