Agência Sorocaba de Notícias

SECOM

População pode escolher nomes para os quatro filhotes que nasceram no zoológico de Sorocaba

10 de julho de 2020 9:21

Por: Mariana Campos - macampos@sorocaba.sp.gov.br



Dois desses animais são ameaçados de extinção: a onça-pintada e o cervo-do-pantanal

A partir desta sexta-feira (10), a população já pode participar da campanha on-line para dar nome a quatro filhotes que nasceram neste ano no Parque Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros”. São eles: um macho de onça-pintada (Panthera onca), uma fêmea de lhama (Lama glama), um macho de cervo-do-pantanal (Blastocerus dichotomus) e uma coruja-orelhuda (Asio clamator), cujo sexo ainda é desconhecido. Para votar basta acessar o site da Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Sema): http://meioambiente.sorocaba.sp.gov.br/. O período de votação ocorrerá até o dia 19 de julho.

Promovida pela Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria do Meio Ambiente, a atividade de Educação Ambiental visa aproximar a população desses animais e também do importante trabalho desenvolvido no zoo, que é responsável pela conservação e cuidados de várias espécies ameaçadas. Para isso, o zoo participa de planos de manejo de espécies ameaçadas e ainda se destaca como centro de pesquisas biológicas e veterinárias, gerando conhecimento sobre fisiologia, genética, comportamento e reprodução, além de manter parcerias com instituições de ensino e pesquisas nacionais e internacionais.

O filhote macho de onça-pintada nasceu no dia 26 de março e está sob os cuidados da mãe Vitória. As opções de nomes para ele são: Araquém, Jaguapitã e Raoni. A onça-pintada é o maior felino das Américas e está ameaçada de extinção, principalmente por conta do desmatamento das florestas onde vive. No Brasil, a espécie vive em diversos biomas, como a Amazônia, Pantanal, Mata Atlântica e Caatinga, mas é na Caatinga que ela é mais ameaçada, sendo considerada criticamente em perigo de extinção.

O filhote macho de cervo-do-pantanal nasceu no final de abril e é o terceiro filhote do casal que habita há anos o zoo. O bichinho se chamará Aguapeí, Iberá ou Sven. Considerado o maior cervídeo da América Latina, o cervo-do-pantanal está ameaçado de extinção devido à caça predatória e a destruição de seu habitat, sofrendo muito os impactos da expansão urbana e da construção de hidrelétricas.

Já para a fêmea de lhama, que nasceu no dia 31 de maio, o público poderá votar em um dos seguintes nomes: Andina, Frida e Pachamama. As lhamas são mamíferos herbívoros parentes sul-americanos dos camelos e dromedários, que vivem desde o sul do Peru até o noroeste da Argentina, sendo comum nos Andes. O seu pelo longo e denso permite que viva em locais de baixa temperatura.

Já a coruja-orelhuda é uma ave de rapina que habita toda a América Central e América do Sul, exceto as áreas florestais amazônicas, vivendo em bosques, bordas de matas e cidades bem arborizadas. Tem hábitos noturnos, tornando-se ativo ao entardecer. Durante o dia, permanece oculta nas árvores. As opções de nomes para a ave são: Dercy, Kamuy e Pichi.

De acordo com a Sema, todos os nomes foram escolhidos por funcionários da secretaria. No formulário de votação, a população poderá conferir os significados ou os motivos da escolha de cada um deles. Já a divulgação dos nomes mais votados ocorrerá no dia 20 de julho no site da Sema e na página do zoológico de Sorocaba no Facebook (https://www.facebook.com/zooquinzinhodebarros).

O Parque Zoológico Municipal está localizado na rua Teodoro Kaisel, 883, na Vila Hortência, e está fechado para visitação do público desde o dia 17 de março deste ano por conta de ações de combate ao novo coronavírus (Covid-19) na cidade. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (15) 3227.5454.


Saiba mais