Agência Sorocaba de Notícias

SECOM

Prefeitura estuda formas de auxiliar condutores de vans escolares

6 de agosto de 2020 19:04

Por: Fabiana Blaseck Sorrilha - comunicacao@urbes.com.br


Com a interrupção das aulas presenciais por conta da pandemia da Covid-19 em toda a rede de ensino pública e privada, bem como as instituições de ensino superior, os condutores de vans escolares se viram sem renda mensal. Por isso, solicitaram a ajuda da Prefeitura de Sorocaba para tentar amenizar as consequências econômicas e sociais que têm enfrentado por conta da pandemia. Diante dessa situação narrada por representantes de condutores de vans escolares durante encontro realizado no Paço, a prefeita Jaqueline Coutinho sinalizou nesta quinta-feira (06) que já estuda meios para auxiliar essa categoria de trabalhadores.

A ideia da prefeita é buscar alternativas para os profissionais dessa categoria, entre condutores e prepostos, obtenham uma renda emergencial, assim como já aconteceu com centenas de trabalhadores que sofrem as consequências do período de quarentena e isolamento. Jaqueline Coutinho determinou às Secretarias de Cidadania e Jurídica que estude a questão até nova reunião já agendada com o grupo.

“A pandemia da Covid-19 alterou drasticamente a rotina de trabalho desses profissionais. Estamos sensíveis a isso e vamos unir esforços para buscar solução e para que ela seja dada o mais breve possível”, reforça a prefeita.

Outra medida a ser adotada será a suspensão da obrigatoriedade da renovação do alvará para o segundo semestre. O alvará permite aos condutores de vans escolares operarem o serviço. Para isso, a prefeita determinou à Urbes – Trânsito e Transportes providências para tornar a medida viável.

Caberá também à Secretaria de Cidadania realizar cadastro dos condutores e prepostos, por ordem de necessidade financeira e urgência, para o fornecimento de cestas básicas ao grupo.


Saiba mais