Agência Sorocaba de Notícias

SECOM

Prefeitura de Sorocaba tem reunião com o CAF para agilizar andamento de obras na cidade

8 de fevereiro de 2021 20:16

Por: Eduardo Santinon (esantinon@sorocaba.sp.gov.br)


 

Encontro ocorreu na cidade de Brasília, nesta segunda-feira (8)

A Prefeitura de Sorocaba busca impulsionar a parceria com o Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), para agilizar a implantação de três obras importantes na cidade: a construção dos viadutos nas Avenidas J. J. Lacerda e Edward Fru Fru, além da marginal às margens do córrego Itanguá, a partir da Avenida Adão Pereira de Camargo.

O prefeito Rodrigo Manga e o secretário da Administração, Fausto Bossolo, estiveram nesta segunda-feira (8) reunidos em Brasília com o representante do CAF no Brasil, Jaime Holguín. Ele garantiu o apoio necessário para que tais empreendimentos sejam realizados de forma ágil, atendendo às demandas de mobilidade de Sorocaba.

“Sorocaba passou por uma situação política difícil nos últimos anos e o programa não avançou como gostaríamos. Esta visita de hoje, do novo prefeito, muda tudo, pois nos passa um grande sinal de confiança, de que podemos continuar trabalhando juntos, tirando do papel obras tão importantes para Sorocaba. Não é só questão de colocar o cronograma em dia, mas fazer com que as ações ocorram mais rapidamente”, destacou Holguín.

O prefeito Rodrigo Manga destacou que uma comissão foi montada na Prefeitura para estudar o contrato atual mantido com o CAF. “Acreditamos que, até março, um relatório completo estará finalizado, no qual apontaremos as necessidades quanto ao bom andamento das obras, bem como cronogramas para honrar pagamentos e de chamamentos para empresas”, adiantou.

Das três obras programadas em anos anteriores pela Prefeitura de Sorocaba, para serem realizadas mediante financiamento do CAF e que somam 13 milhões de dólares, a construção do viaduto da Avenida J.J. Lacerda é a única que já começou e que está prevista para ser concluída em 2021.  “Nas duas outras, houve atrasos em governos anteriores, inclusive na questão de desapropriações, o que necessita de reavaliação. Já estamos trabalhando nisso, pois queremos, sim, caminhar com rapidez”, pontuou o prefeito Rodrigo Manga.


Saiba mais