Agência Sorocaba de Notícias

SECOM

Saae define medidas para proteger seus funcionários

20 de março de 2020 16:46

Por: Carlos Lara - carloslara@saaesorocaba.sp.gov.br


A direção do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Sorocaba baixou na tarde desta sexta-feira (20) uma nota circular, destinada aos seus diretores, chefes de departamentos e de setores e supervisores, bem como aos seus servidores de uma forma geral, com procedimentos que devem ser observados a partir deste momento, em caráter temporário, visando proteger todos os funcionários de possível contaminação do coronavírus, por meio da redução de exposição pessoal e interações presenciais, incluindo o replanejamento de rotinas e procedimentos de trabalho.

Estamos atravessando um momento delicado e nossa primeira preocupação é com a saúde dos servidores, para que a partir de medidas preventivas possamos manter um mínimo de servidores em atividade, para que consequentemente os serviços essenciais oferecidos à população sejam mantidos”, destaca o diretor-geral da autarquia, engenheiro Mauri Gião Pongitor, que assina o documento ao lado do coordenador do Comitê de Avaliação e Enfrentamento do Coronavírus do Saae, o também engenheiro Rodolfo Barboza.

Entre as orientações que deverão ser observadas pelos servidores estão: promover o “enxugamento” de todas as unidades da autarquia por meio de “home work”, quando possível, assegurando manter a quantidade mínima de servidores para garantir a perfeita operação e manutenção dos sistemas de abastecimento de água tratada, coleta e tratamento de esgoto sanitário, drenagem urbana e eletromecânica, através de escalas de revezamento; orientar prepostos das empresas terceirizadas visando à adoção de medidas de higiene e aquisição de máscaras e EPIs para a proteção de seus funcionários e do ambiente de trabalho, bem como evitar aglomerações; orientar a empresa terceirizada responsável pela limpeza predial a intensificar a higienização de todas as unidades da autarquia; orientar a empresa terceirizada responsável pelo controle de acesso às unidades da autarquia a restringir a entrada de pessoas; suspender vistorias e reuniões externas; orientar os servidores das salas de call center, rádio, telemetria e tecnologia da informação a promoverem ações comportamentais de prevenção, tendo em vista a restrição de ventilação nestes locais; reorganizar a disposição das mesas de trabalho e refeitório visando um afastamento maior entre as pessoas; elaborar informativo a ser distribuído junto aos holerites; instalar comunicados com orientações de higiene pessoal/prevenção nas proximidades dos relógios de ponto; confeccionar banners informativos para distribuição nas unidades e refeitórios; comunicar nas mídias sociais informativos relacionados à prevenção da epidemia e higiene pessoal; executar a desinfecção das áreas comuns em todas as unidades do Saae; garantir a todos os servidores na atividade presencial o fornecimento e utilização dos EPIs necessários para preservar a integridade de todas as pessoas; e orientar todos os servidores que apresentarem sintomas gripais a procurarem o ambulatório médico da autarquia ou assistência médica através de postos de atendimento credenciados pelo convênio médico.

As medidas definidas pela direção da autarquia continuarão sendo colocadas em prática até que ocorra a normalização da saúde pública, diante do quadro que se apresenta.


Saiba mais