Agência Sorocaba de Notícias

SECOM

Saae mantém rodízio nas regiões do Éden, Cajuru e Aparecidinha

9 de outubro de 2020 13:01

Por: Carlos Lara - carloslara@saaesorocaba.sp.gov.br


Em reunião realizada na manhã desta sexta-feira (09), em sua sede administrativa instalada no Jardim Santa Rosália, o Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Sorocaba definiu que o rodízio no abastecimento nas regiões do Éden/Zona Industrial, Cajuru e Aparecidinha vai ser mantido por mais um ciclo de sete dias.

A decisão dos diretores, engenheiros e técnicos da autarquia tem como base a manutenção dos níveis percentuais do sistema de repesas que abastecem essa região, a partir da Estação de Tratamento de Água do Éden, que mesmo com as últimas chuvas não apresentaram alteração significativa.

De acordo com os dados analisados, as represas Castelinho/Ferraz tiveram apenas uma discreta elevação, subindo de 15% para 16% e o nível de economia por parte da população continuou nos mesmos 15% neste terceiro ciclo do sistema implantado.

Ainda segundo os números levantados, as chuvas que ocorreram na região em que o rodízio foi implantado somaram um acumulado de apenas 11 milímetros, conforme mostrou às 7h de hoje o pluviômetro instalado na ETA Éden.

Também de acordo com os gráficos analisados durante a reunião, a autarquia continuou captando entre 50% e 70% a menos de água no sistema Castelinho/Ferraz, durante o terceiro ciclo, permitindo a manutenção dos níveis dos mananciais e o afastamento do risco de desabastecimento generalizado, provocado pelo seu esgotamento.

Chuvas

Quanto às chuvas desta sexta-feira, o acumulado de 24 horas será medido às 7h do sábado (10), mas conforme destacado pelos participantes da reunião, os reflexos nos mananciais serão apontados somente depois de pelo menos 48 horas, pois não deve ser considerada apenas a chuva que incide sobre as represas, mas também todas as contribuições que chegam pela superfície e do lençol freático.

Ainda conforme discutido no encontro de trabalho realizado na sede da autarquia, para que haja a recuperação plena dos mananciais é necessário acima de 80 milímetros de chuvas, num período de alguns dias e não em um momento apenas.

Desta forma, o rodízio vai prosseguir por mais uma semana, quando então haverá nova avaliação. O sistema continuará com os bairros das regiões do Éden/Zona Industrial e Aparecidinha sendo abastecidos das 6h às 18h, enquanto que o Cajuru recebeágua no período das 18h às 6h do dia seguinte, e assim sucessivamente a cada dia, nos mesmos horários.

Demais represas

Quanto às demais represas em que a autarquia realiza a captação de água bruta para tratamento e distribuição, integrantes do sistema da Estação de Tratamento de Água do Cerrado, que abastece o restante da população, os índices apresentam 25% da capacidade total em Ipaneminha e 56% em Itupararanga.


Saiba mais