Agência Sorocaba de Notícias

SECOM

Sorocaba terá mais 73 novos leitos Covid para ampliar assistência à população

2 de março de 2021 21:12

Por: Marcelo de Almeida Jr


O prefeito de Sorocaba, Rodrigo Manga, anunciou, na tarde desta terça-feira (2), que a cidade contará com mais 73 novos leitos Covid. A ampliação tem como objetivo dar retaguarda de assistência à população e evitar que nenhum sorocabano fique sem o atendimento para combater a Covid-19.

A ação foi anunciada em coletiva de imprensa, no sexto andar do Paço Municipal, com a presença do secretário da Saúde, Vinicius Rodrigues, e dos vereadores Cristiano Passos, Fausto Peres e João Donizeti.

Na ocasião, foi explicado que, diante do aumento de novas internações e casos da Covid-19 em todo o país, a Prefeitura de Sorocaba precisou agir de forma ágil, com a ampliação de leitos. Neste primeiro momento, a estrutura predial da Unidade Básica de Saúde (UBS) São Guilherme se transformará no Centro de Estabilização Covid, já nesta quarta-feira (3), com 20 leitos, sendo três de Suporte Ventilatório Avançado e o restante, clínicos.

Nesta quinta-feira (4), haverá a ampliação de mais 20 leitos Covid, chegando ao total de 40. Após 20 dias, o Centro de Estabilização terá um total de 60 leitos para atender os acometidos com a doença. Deste total de leitos, 23 serão de Suporte Ventilatório Avançado para atender casos mais complexos e os demais, clínicos.

Em paralelo, até sexta-feira (5), a Prefeitura de Sorocaba fechará contrato com o Hospital Amhemed de Sorocaba, para a aquisição de mais 13 leitos Covid, sendo 10 clínicos e três de UTI. “Quando assumimos a gestão, em janeiro deste ano, nos deparamos com uma cidade que tinha 100% de ocupação da UTI Covid e, imediatamente, contratamos com a Santa Casa 15 leitos. Agora, mais uma vez, tomamos essas medidas rápidas, para garantir o atendimento à população. Continuaremos lutando pela saúde dos sorocabanos”, ressalta o prefeito Rodrigo Manga.

O secretário da Saúde, Dr. Vinicius Rodrigues, informa que os atendimentos da UBS São Guilherme serão remanejados para as UBSs mais próximas, sem que haja qualquer prejuízo à população. “Os atendimentos que já estavam agendados serão todos assistidos”, afirma.


Saiba mais