Agência Sorocaba de Notícias

SECOM

Zoo de Sorocaba comemora nascimento de filhote macho de onça-pintada

2 de julho de 2020 14:14

Por: Mariana Campos - macampos@sorocaba.sp.gov.br


A espécie é símbolo nacional da biodiversidade

Além dos filhotes de lhama, de coruja-de-orelha e de cervo-do-pantanal, a Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Sema) também comemora o nascimento de um filhote macho de onça-pintada no Parque Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros”. O bichinho nasceu em 26 de março deste ano e está o tempo todo sob os cuidados da mãe Vitória.

Administrado pela Prefeitura de Sorocaba, por meio da Sema, o zoológico é responsável pela conservação e cuidados de várias espécies ameaçadas de extinção. Para isso, a instituição participa de planos de manejo, como da onça-pintada, lobo-guará e muriqui, e ainda se destaca como centro de pesquisas biológicas e veterinárias, gerando conhecimento sobre fisiologia, genética, comportamento e reprodução, além de manter parcerias com instituições de ensino e pesquisas nacionais e internacionais.

Vitoria é mãe “de primeira viagem” e está com o seu filhote na área de cambiamento do recinto, que funciona como um “quartinho” para os dois. “Ali ela está resguardada, oferecendo todos os cuidados a ele, onde ela o aquece, dormem juntos e onde ele pode mamar com toda a segurança. Para uma mãe ‘de primeira viagem’ ela tem um cuidado maternal fantástico”, declara a bióloga Cecília Pessutti.

O pai Raul fica separado na área do recinto que é visível ao público. “Como é a primeira cria dela e a gente não sabia como ela iria se comportar. Então, por questão de segurança, neste primeiro momento o casal está separado”, explica a bióloga.

O novo habitante do zoo está muito saudável. “O desenvolvimento motor dele está dentro do que é esperado e, como filhote de gato, ele é muito brincalhão, brinca com a mãe e com os elementos do espaço, como a palha e os galhinhos”, conta Cecília.

A onça-pintada é o maior felino das Américas e está ameaçada de extinção, principalmente por conta do desmatamento das florestas onde vive. No Brasil, a espécie vive em diversos biomas, como a Amazônia, Pantanal, Mata Atlântica e Caatinga, mas é na Caatinga que ela é mais ameaçada, sendo considerada criticamente em perigo de extinção.

O Parque Zoológico Municipal está localizado na rua Teodoro Kaisel, 883, na Vila Hortência, e está fechado para visitação do público desde o dia 17 de março deste ano por conta de ações de combate ao novo coronavírus (Covid-19) na cidade. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (15) 3227.5454.


Saiba mais

Fotos

1 de outubro de 2020 12:11

22 de setembro de 2020 17:22

21 de setembro de 2020 12:02