Agência Sorocaba de Notícias

SECOM

Com apoio da Prefeitura de Sorocaba, Governo do Estado anuncia refinanciamento das moradias do Jardim Renascer

23 de março de 2022 15:36

Por: Mariana Campos


Ao lado do prefeito de Sorocaba, Rodrigo Manga, o secretário de Estado da Habitação, Flavio Amary, anunciou, na noite desta terça-feira (22), um programa estadual de refinanciamento para negociar as dívidas das prestações dos imóveis de moradores do Jardim Renascer, localizado na região do Conjunto Habitacional Ana Paula Eleutério (Habiteto), junto à Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU). O encontro reuniu mais de 200 moradores na E.E. “Professora Wanda Costa Daher”.

“Tivemos grandes dificuldades em razão da pandemia da Covid-19 e viemos hoje, aqui, para anunciar que estamos trazendo uma solução para que cada uma das famílias do Jardim Renascer, que estão com dificuldades para realizar o pagamento, possa retomá-lo e não perca sua casa”, destacou o secretário estadual Flavio Amary. O programa dará oportunidade a essas famílias que têm ação de reintegração de posse a quitarem seus débitos com parcelas que comprometam, no máximo, 20% da renda familiar, em até 35 anos, a juros zero.

Desde o ano passado, por determinação do prefeito Rodrigo Manga, a Prefeitura de Sorocaba intermedia, por meio do programa municipal Concilia Sorocaba (Centro Municipal de Prevenção e Conciliação de Conflitos), uma solução para cerca de 300 famílias que moram nesse conjunto habitacional e estão com dificuldades financeiras, agravadas pela pandemia, para pagar as prestações dos imóveis junto à CDHU ou, ainda, enfrentando questões contratuais e judiciais de suas residências. A preocupação do Município é de minimizar os impactos sociais a essas famílias, já que há uma ação de reintegração de posse em andamento. O Jardim Renascer foi inaugurado pelo Governo do Estado em 2008, com a transferência de famílias que viviam em áreas de risco em Sorocaba.

“É uma alegria muito grande estar aqui, neste momento, tão importante para vocês. Sei o quanto vocês lutaram, desejaram e sofreram com toda essa situação. Estivemos, no ano passado, aqui, com o Concilia Sorocaba e a Ouvidoria Municipal, para acharmos, juntos, uma solução para que ninguém perca a sua moradia. Parabéns, ao Flavio Amary e à sua equipe pela sensibilidade”, ressaltou o prefeito Rodrigo Manga.

O diretor da CDHU, Marcelo Hercolin, igualmente estava no encontro e destacou que as famílias que tiverem condição também poderão quitar a dívida de uma vez por todas, sem juros e sem multa. “Essa será uma grande oportunidade para que os moradores que tem ação de reintegração de posse possam regularizar a sua situação e não percam suas casas”, afirmou.

Ainda, na noite de terça-feira, logo após o anúncio, uma equipe da CDHU atendeu todas as famílias interessadas em saber mais sobre o programa de refinanciamento. Além disso, cada família poderá procurar a Gerência Regional de Sorocaba da CDHU, localizada no Jardim São Carlos.

Além do prefeito Rodrigo Manga e do secretário de Estado da Habitação, Flavio Amary, estavam presentes no anúncio o secretário municipal da Habitação e Regularização Fundiária (Sehab), Tiago da Guia, o ouvidor-geral do Município, Evandro Bueno, mais o vereador e líder do Governo na Câmara, João Donizeti, o diretor da CDHU, Marcelo Hercolin, o gerente regional da CDHU, Fábio Pilão, o secretário-executivo do programa estadual Cidade Legal, Eric Vieira, o assessor da Secretaria de Estado da Habitação, Alexandre Robim, e os líderes comunitários Toninho Corredor e Dinho do Habiteto.

 


Saiba mais