Agência Sorocaba de Notícias

SECOM

Semana da Consciência Negra vai contar com 11 atrações on-line

12 de novembro de 2020 16:41

Por: Joyce Souza da Conceição (Programa de Estágio) Supervisão: Janaína Oliveira


Palestras, bate-papos e apresentações de danças fazem parte da programação do evento “Conscientize-se: Uma jornada de debates e reflexões da população negra”. As atividades apoiadas pela Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Cultura (Secult) e da Secretaria da Cidadania (Secid), são promovidas pela Coordenadoria da Igualdade Racial e Conselho de Participação e Desenvolvimento da Comunidade Negra (CPDCNS) durante os dias 16 a 24 de novembro. O evento acontece em comemoração ao Dia da Consciência Negra (20 de novembro) e será transmitido pelo Facebook através do link: https://www.facebook.com/cpdcns.

Para abrir a programação, no dia 16 de novembro, às 19h30, o rapper e poeta GOG, conhecido pelo verso “Periferia é periferia em qualquer lugar”, sampleado pelo grupo Racionais MC’s em 1997, acompanhado do rapper Márcio Brown e o militante dos movimentos pretos e periféricos e apresentador do programa “Papo de Preto pra Preto”, Melqui Pretoloko, vão falar sobre o “Hip-Hop como instrumento de resistência preta”. Ainda no mesmo dia, às 21h, o tema “Educação na perspectiva antirracista: possibilidades e desafios” será debatido pela professora e mestra em Educação Vanessa Garcia e pelo professor e doutorando em História Social da África, André Santos Luigi.

Já no dia 17 de novembro, os sacerdotes do candomblé Baba Leandro e Baba Nino apresentarão o tema “O racismo e a intolerância religiosa” às 19h30. E um pouco mais tarde, às 21h, será a vez do ativista Luiz Henrique de Souza contar a história da “Capoeira de Angola” e apresentar os passos dessa expressão cultural.

No dia 18 de novembro, a partir das 19h30, a população poderá descobrir o conceito de “Racismo Estrutural” com a professora Joyce Dias, especialista em Educação para a Diversidade e Mestra em Linguística Aplicada.

“O empoderamento da mulher negra” será discutido pela advogada, ativista, e empresária Eliane Dias e pela empreendedora e militante do Movimento da Mulher, Movimento Negro e Periférico, Kátia Campos, no dia 19 de novembro, às 19h30.

O dia 20 de novembro será recheado de atrações. Às 19h começa um bate-papo com a jovem youtuber Maria Clara, dona do canal “Pretinha Sim”, sobre “Os enfrentamentos da juventude preta”. Às 19h30, “Genocídio da juventude negra” será a discussão apresentada pelo Dr. José Vicente, advogado e doutor em Educação. Logo em seguida, às 20h30, a “Década Internacional Afrodescendente” será comentada pelo ativista José Marcos.

A enfermeira e mestra em Ciências da Saúde, Daniela Valentim, e a psicóloga e pesquisadora de temáticas ligadas às questões raciais, Myrt Thânia de Souza Cruz, vão dialogar sobre “A saúde da população negra” no dia 23 de novembro, às 19h30.

Para encerrar a programação, o tema “Empreendedorismo preto” será discutido pela educadora social e feminista negra Maria Teresa Ferreira no dia 24 de novembro, às 19h30.
Em caso de dúvidas, entre em contato com a Secid pelo telefone (15) 3212.9600, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h.

 

 

 


Saiba mais