Agência Sorocaba de Notícias

SECOM

89 cães e gatos da Unidade de Proteção e Bem-Estar Animal de Sorocaba ganharam um novo lar no primeiro semestre deste ano

15 de julho de 2021 15:20

Por: Mariana Campos


Neste ano, de janeiro a junho, 89 animais da Unidade de Proteção e Bem-Estar Animal, da Prefeitura de Sorocaba, ganharam um novo lar. A oportunidade é oferecida pelo programa “D + uma chance. Adote uma Vida!”, uma campanha da Secretaria do Meio Ambiente e Sustentabilidade (Sema), que tem como objetivo incentivar, de forma permanente, à adoção responsável na cidade.


“Todos os animais resgatados e levados à unidade são examinados pelos nossos médicos veterinários e recebem o tratamento adequado. Em seguida, são vacinados, vermifugados, castrados e microchipados, para, então, serem disponibilizados para a adoção responsável, por meio do programa ‘D + uma chance. Adote uma Vida!’”, explica o secretário do Meio Ambiente e Sustentabilidade, Antonio Prieto.


Importante destacar que adotar um cão ou um gato é assumir uma responsabilidade e jamais pode ser uma ação por impulso, pois os tutores precisam garantir o cuidado necessário a esses animaizinhos por toda a vida. Um cão, por exemplo, pode viver mais de 15 anos, ou seja, ele vai precisar do cuidado do seu tutor por muito tempo, como receber carinho, atenção, cuidados veterinários, além da necessidade de brincar e passear.


Outros cuidados frequentes, além disso, garantem o bem-estar do animal. Não basta oferecer comida e água fresca. Os animaizinhos devem tomar banho periodicamente; ter um local limpo, seco e protegido do vento, da chuva e do sol para se abrigarem e serem levados ao médico veterinário regularmente, para a aplicação de vacinas e a realização de exames.


São Bento, Frank e dezenas de outros animais


O São Bento é um dos cachorros adultos aguardando adoção na Unidade de Proteção e Bem-Estar Animal da Sema. O animal foi resgatado no dia 11 de janeiro deste ano, vítima de abandono, na UBS São Bento. Ele apresentava paralisia dos membros posteriores, tumor venéreo e dermatite. Na unidade, ele recebeu todos os cuidados e, felizmente, se recuperou.


Outro cachorro adulto da unidade é o Frank. Ele foi resgatado pela equipe da Sema no dia 27 de maio deste ano, vítima de tortura. Na época, o animal estava com um ferimento na cabeça, com exposição óssea, provocado por objeto perfurocortante, e remoção total da bolsa escrotal, com ferimento aberto. Na unidade, ele foi cuidado com muito carinho pelos servidores, passou por cirurgia e tratamento e, hoje, está plenamente recuperado.


Atualmente, a Unidade de Proteção e Bem-Estar Animal da Sema conta com cerca de 130 cães e gatos, vítimas de abandono ou de maus-tratos e, por isso, é necessário sempre encontrar novos tutores que garantam um lar seguro, com todo cuidado e amor a eles. Os animais que vivem nas ruas passam fome e, muitas vezes, recebem maus-tratos e tudo o que eles precisam é de uma família e de um lar para ficaram bem.


Para visitar a unidade e conhecer esses animais, em razão da pandemia da Covid-19, basta entrar em contato de segunda a sexta-feira, das 9h às 12h e das 13h às 16h, pelo telefone: (15) 3202-8006, para agendar um horário. O espaço está localizado na Rua Rosa Maria de Oliveira, 345, ao lado do Instituto Humberto de Campos, no Jardim Zulmira.


Saiba mais