Agência Sorocaba de Notícias

SECOM

Aluno da Rede Municipal é premiado internacionalmente por projeto sustentável

15 de dezembro de 2021 20:26

Por: Bruno Rodrigues


Fotos: Michelle Alves / Secom Divulgação

O estudante do 5º ano da Escola Municipal “Edward Frufru Marciano da Silva”, Matheus William Jacquier Narvona, de 11 anos, foi premiado, na tarde desta quarta-feira (15), por vencer o concurso “Ao redor da Ibero-América”, organizado anualmente, desde 2012, pela Veolia América Latina e pela Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI).

O concurso, que neste ano teve votação excepcionalmente on-line, visa promover, entre as crianças latino-americanas e ibéricas, cada vez mais conhecimento e conscientização sobre o meio ambiente. No programa, são abordados temas, como: a proteção dos ecossistemas e da biodiversidade; a economia circular (gestão mais eficiente dos recursos naturais); as energias renováveis; a reciclagem, entre outros.

Participaram da competição educativa deste ano alunos de vários países, entre eles: Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador, México, Panamá e Peru. Em 2021, o projeto também passou a contar com a participação de estudantes das nações ibéricas Espanha e Portugal.

A premiação traz o reconhecimento do trabalho dos estudantes, estimulando a reflexão entre os alunos. O projeto vencedor de Matheus se chama “Comedouros e Bebedouros para aves”, em que é possível alimentar pássaros e contribuir com a polinização das flores, por meio de instrumentos produzidos com materiais orgânicos e reutilizáveis.

Com isso, ele ganhou um computador com internet e uma impressora, além de uma bolsa de estudos para um curso de informática. A E.M. “Edward Frufru Marciano da Silva”, onde ele estuda, foi igualmente contemplada com outros três computadores e uma impressora.

Durante a cerimônia de premiação, realizada na própria unidade de ensino, localizada no Jardim Botucatu, Zona Norte da cidade, a gestora ambiental Joyce Françoso e a analista de comunicação da Veolia, Ana Carolina Caminha, abordaram debates com os estudantes do 5º ano sobre economia circular, reciclagem e meio ambiente.

Representando a Secretaria da Educação (Sedu), prestigiaram a premiação as gestoras de Desenvolvimento Educacional, Andrea Tichy e Priscila Diogo. “Ficamos muito felizes em saber que esta unidade continua sendo destaque da Rede Municipal em projetos que envolvam sustentabilidade”, fala Tichy, que já foi diretora dessa escola.

A diretora da E.M. “Edward Frufru Marciano da Silva”, Cíntia dos Reis, destaca a importância de projetos como esse. “Atividades, assim, desenvolvem nos alunos o trabalho em grupo, além de enriquecer o conhecimento sobre economia solidária e preservação do meio ambiente”, afirma.

Simone Novaes de Oliveira Daminello, professora de Matheus, conta que, ao abordar temas relacionados a aves e demais animais em sala de aula, despertou o interesse e a curiosidade do estudante. “O Matheus é muito dedicado e a ideia partiu exclusivamente dele. O mérito também é da sua família, que o ajudou e participou na elaboração do alimentador de pássaros”, explica.

A professora também conta que estimulou a aluna Emanuelle Santos, segunda colocada no concurso, a produzir uma maquete chamada “Bairro sustentável”, abordando áreas de preservação.

Durante a cerimônia, Matheus recebeu, além dos prêmios, o carinho e a admiração dos colegas. “Meus pais me ajudaram na confecção do alimentador. Utilizamos garrafas, tampinhas, fitas adesivas e cascas de frutas. Foi realmente muito legal participar deste projeto”, comemora.

O secretário da Educação, Marcio Carrara, parabenizou o aluno e a equipe escolar pelas conquistas. “Ficamos muito felizes quando vemos um trabalho em conjunto, como este, proporcionando ótimos resultados”, comenta. “A premiação e o reconhecimento marcarão a vida do Matheus, estimulando para que ele desenvolva ações cada vez mais conscientes, colaborando para que seja um cidadão cada vez mais transformador.”


Saiba mais