Agência Sorocaba de Notícias

SECOM

Ato cívico no Largo de São Bento abre a programação de Aniversário de 367 anos

15 de agosto de 2021 18:22

Por: Mariana Campos


Um ato cívico, no Largo de São Bento, um dos pontos históricos mais importantes da cidade, abriu a programação oficial de aniversário em comemoração aos 367 anos de Sorocaba, na manhã deste domingo (15). Ao som do Hino Nacional, executado pela Banda Regimental de Música do CPI-7 (Comando de Policiamento do Interior), houve o tradicional hasteamento das bandeiras do Brasil, de São Paulo e de Sorocaba, com a presença de autoridades civis e militares.

Organizada pelas secretarias da Comunicação (Secom) e de Governo (Segov), a solenidade contou, ainda, com a participação do Tiro de Guerra, da cantora e servidora pública Alyne Moura que, acompanhada da Banda Regimental de Música do CPI-7, cantou os hinos do Brasil e de Sorocaba, e da jovem poetisa Ana Cristina Rodrigues, que recitou um poema, de sua autoria, em homenagem à Sorocaba.

Ao lado de sua mãe, Dona Zô, como é carinhosamente chamada, o prefeito Rodrigo Manga destacou o trabalho executado por todos os secretários municipais nesses primeiros meses de governo. “Agradeço os secretários, que abraçaram o espírito de cuidar de uma cidade linda. Se Sorocaba tem o destaque que está conseguindo hoje, é graças ao trabalho de cada um de vocês. Parabéns, senhores secretários e senhoras secretárias”, declarou.

O chefe do Poder Executivo igualmente enfatizou os bons resultados que Sorocaba vem obtendo. “Sorocaba, aos 367 anos, tem muito o que comemorar. Os números mostram isso. O grupo Financial Times identificou que a nossa cidade, nesses primeiros oito meses de governo, já é a quarta melhor cidade das Américas para receber investimentos nos próximos anos”, exemplificou o prefeito.

Além disso, o prefeito Rodrigo Manga aproveitou a ocasião e agradeceu à população pelo espírito solidário. “Temos vivido novamente aquele orgulho de ter uma cidade linda e de um povo acolhedor. Cidade que superou todos os municípios do país, neste momento de pandemia, com a sua solidariedade, com doações de alimentos nos pontos de vacinação, para a campanha ‘A Fome não é Fake!’. Parabéns a cada um de vocês e à cidade de Sorocaba”, finalizou o prefeito.

Já, o secretário de Cultura, Luiz Antonio Zamunner, em sua fala, enalteceu a história e o protagonismo da cidade em várias épocas, como a Feira de Muares, a Estação Ferroviária de Sorocaba, construída em 1875, antes mesmo de estações de grandes centros do mundo todo, como Tóquio (1914), Nova York (1903), Paris (1900), viabilizada por Luiz Matheus Maylasky, que residiu em Sorocaba e, em pouco tempo, passou a ser uma pessoa de destaque na sociedade local. “Sorocaba esteve à frente do tempo em toda a sua história. É uma curta história, apenas 367 anos, mas já importante, não só para o país, mas para o mundo”, destacou.

Participaram do Ato Cívico os secretários municipais Cel. Vitor Gusmão (Segurança Urbana), Samyra Toledo (Governo), Luiz Henrique Galvão (Relações Institucionais e Metropolitanas), Fernanda Burattini (Comunicação), Carlos Eduardo Paschoini (Mobilidade e Desenvolvimento Estratégico), Paulo Henrique Marcelo (Planejamento), Fausto Bossolo (Administração), Robson Coivo (Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo), Marcio Carrara (Educação), Marcelo Regalado (Fazenda), Tiago da Guia (Habitação e Regularização Fundiária), Luciana Mendes (Jurídico), Cleber Martins Fernandes da Costa (Recursos Humanos), Vinicius Rodrigues (Saúde) e Darwin José de Almeida Rosa (Serviços Públicos e Obras). Também prestigiaram a solenidade o diretor-presidente da Urbes, Luiz Carlos Siqueira Franchim, o diretor-geral do Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae/Sorocaba), Ronald Pereira da Silva, o presidente do Parque Tecnológico de Sorocaba, Nelson Tadeu Cancellara, o controlador-geral do Município, João Alberto Corrêa Maia, e o ouvidor-geral, Evandro Bueno, além do presidente do Legislativo, Cláudio Sorocaba, os vereadores Cícero João, João Donizeti e Luis Santos, mais o promotor de justiça Antônio Domingues Farto Neto, o tenente-coronel Fernando de Agrella, comandante do 7ºBPM/I e o subtenente J. Santos, instrutor do Tiro de Guerra.

 


Saiba mais