Agência Sorocaba de Notícias

SECOM

Campanha “A Fome não é Fake!” entrega mais 2.208 cestas básicas em sete pontos da cidade

7 de julho de 2021 20:13

Por: Rose Campos


A campanha “A Fome não é Fake!” prossegue com o objetivo de atender famílias em situação de vulnerabilidade social ou emergencial em função da pandemia, e a Secretaria da Cidadania (Secid) realizou, nesta quarta-feira (7), a entrega de mais 2.208 cestas básicas para pessoas cadastradas pela rede CRAS (Centros de Referência em Assistência Social).


A campanha é uma iniciativa do Fundo Social de Solidariedade (FSS), que realiza a captação dos alimentos, em parceria com a Secid, instituições religiosas de todas as denominações, entidades, empresários e toda a população, que contribui com doações nos postos de vacinação.


As cestas básicas foram distribuídas, simultaneamente, em sete diferentes locais da cidade: 252 no Santuário São Judas Tadeu (CRAS Ipiranga); 254 na IBIS (122 CRAS Cajuru e 132 CRAS Aparecidinha); 380 na Comunidade Buscando a Paz (228 CRAS Laranjeiras e 52 CRAS Vitória Régia); 178 na Comunidade São Matheus (CRAS João Romão); 552 na Capela Padre Pio (256 CRAS Carandá e 296 CRAS São Bento); 356 no Instituto Humberto de Campos (CRAS Nova Esperança) e 238 na Igreja Assembleia de Deus (CRAS Vila Helena). No total, foram entregues 2.208 cestas básicas.


Mayara Cristina Soares, o marido e dois filhos formam uma das milhares de famílias beneficiadas com a entrega das cestas básicas. Sem emprego neste momento, o casal depende do Bolsa Família e a ajuda extra será muito importante.


Na casa de Bárbara da Silva são três pessoas, o casal e um filho pequeno. Bárbara agradeceu pela cesta, que vai contribuir para alimentá-los nas próximas semanas.

Jhony de Souza Azevedo mora sozinho. Mas, como não tem emprego fixo no momento, sobrevive com o ganho de bicos na área da construção civil. A cesta recebida será, portanto, de grande auxílio no seu dia a dia.


Leozina Gomes de Souza, que vive com a filha, de quatro anos, está há tempos em busca de emprego. Ficou sabendo que teria direito a uma cesta básica pelo chamado do CRAS e comemorou. “Vai fazer a diferença para nós essa cesta básica!”.


As dificuldades para essas e muitas outras famílias do município continuam, porém, as doações de alimentos começaram a diminuir nos postos de vacinação. “Talvez, porque agora são os mais jovens que estão se vacinando e outras pessoas da família já tenham doado. Então, muitos deles acham que não precisam mais contribuir. Mas, a necessidade que muitas pessoas têm de receber os alimentos ainda não passou. Então, quem tiver a possibilidade de participar da campanha ‘A Fome não é Fake’ pode continuar levando seus donativos para os postos de vacinação, mesmo que não seja sua vez de se vacinar”, disse o secretário da Cidadania, Clayton Lustosa. Entre os itens mais necessários para a montagem das cestas, estão: óleo de cozinha, pó de café, laticínios, molho de tomate, sal e biscoitos.

Desde o início do ano, até o dia 6 de julho, já foram entregues 32.288 cestas básicas para famílias cadastradas pela rede CRAS. Pessoas, empresas ou entidades interessadas em contribuir com a campanha podem entrar em contato com o Fundo Social de Solidariedade, pelo telefone: (15) 3238-2503. Aqueles que precisam receber as cestas básicas podem ligar para a Secid, pelo telefone: (15) 3212-6900.

Fotos: Fernando Abreu – Secom/Divulgação

 

 

 


Saiba mais