Agência Sorocaba de Notícias

SECOM

Encontro reúne primeiras-damas e presidentes de Fundos Sociais da RMS

12 de março de 2020 15:34

Por: Isabela Rocha (Programa de Estágio) Supervisão: Renato Monteiro


Representantes da Prefeitura e SEBRAE-SP na mesa

A manhã desta quinta-feira (12) foi marcada por mais um evento em menção ao Dia Internacional da Mulher, comemorado em 8 de março. O encontro regional de primeiras-damas e presidentes de Fundos Sociais de Solidariedade, de municípios da Região Metropolitana de Sorocaba (RMS) aconteceu na sede do Jornal Cruzeiro do Sul. O evento sinalizou, também, o lançamento do projeto ‘1.000 Mulheres’ do Sebrae-SP, que consiste em capacitar e assessorar mulheres em situação de vulnerabilidade social que desejam empreender.

A presidente do Fundo de Solidariedade (FSS) de Sorocaba, Jéssica Carvalho, que representou o Executivo sorocabano, exaltou a importância do papel das mulheres na sociedade. “Nós do Fundo Social acreditamos que podemos mudar a realidade da cidade cuidando de pessoas. Esse projeto veio para dar oportunidade de emancipação econômica e, com isso, ajudar não só às mulheres, mas Sorocaba a prosperar economicamente”, comentou referindo-se ao ‘1.000 Mulheres’.

Para discutir de forma mais abrangente a questão da emancipação, a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Emanuela Oliveira de Almeida Barros, falou sobre o pacto global dos princípios do empoderamento feminino e a questão do empreendedorismo, levando em consideração a busca por igualdade. “Esta iniciativa é crucial, pois não podemos deixar que mulheres que já se encontram em vulnerabilidade passem por mais situações de desigualdade. Juntas somos mais fortes”, enfatizou.

1.000 Mulheres”

O projeto do Sebrae-SP procura capacitar mulheres que estejam em situação de vulnerabilidade, como as reeducandas; idosas; mulheres em situação de rua, assistidas pelos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) e transsexuais para o mercado empreendedor brasileiro. De acordo com dados apresentados neste evento, cerca de 48% desta linha de mercado é composta por mulheres.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Trabalho e Turismo (Sedettur), Robson Coivo, ressaltou que projetos como o ‘1.000 Mulheres’ trará para Sorocaba mais oportunidades de negócios, “o que for analisado como positivo para a cidade, nós, como prefeitura apoiaremos”.

Também participaram do encontro representantes da Coordenadoria da Mulher, Conselho Municipal dos Direitos da Mulher e o Superintendente do Sebrae-SP, Wilson Poit.


Saiba mais