Agência Sorocaba de Notícias

SECOM

Estudantes são premiados no Desafio 4.i, programa do PTS que qualifica talentos

26 de novembro de 2021 8:37

Por: Secom


 

Mais de 100 estudantes se inscreveram para participar da 1ª edição do Desafio 4.i, uma iniciativa que propõe a solução de problemas trazidos por empresas para grupos de alunos inscritos, sob a mentoria de professores e consultores. Dez equipes chegaram à final e três delas foram premiadas, em solenidade realizada no fim da tarde desta quinta-feira (25), no Parque Tecnológico de Sorocaba (PTS).

O programa, realizado pelo PTS, Centro de Excelência em Tecnologia (CET 4.0) e Instituto Euvaldo Lodi (IEL), com o apoio da Prefeitura, tem como objetivo estimular a inovação, a qualificação de talentos e contribuir para o desenvolvimento e a consolidação de uma indústria mais forte e competitiva.

Os estudantes tinham 48 horas para solucionar um desafio proposto pelas empresas que integravam o projeto. Os resultados surpreenderam, conforme o presidente do Parque Tecnológico, Nelson Tadeu Cancellara. “Trata-se de um programa inédito no Estado de São Paulo, que deu muito certo”, afirmou na abertura do evento. “Conseguimos despertar os jovens para ajudar na resolução dos problemas que existem no dia da dia das empresas. Tínhamos de escolher três vencedores, mas os dez resultados foram excelentes”, completou.

Assim, em primeiro lugar ficou o projeto “Automação de Escolha de Ferramentas em Processos de Torque”, da empresa Systek Tecnologia, apresentado pelos estudantes Eduardo Inacio, Guilherme Ginack e Mauro Felipe Rosa. Em segundo lugar, “Torrador de Café 4.0”, da Casa Arábica, solucionado por Helder Alves e Matheus Barros. Em terceiro lugar, “Sensor de Presença de Veículo para Estacionamento de Centro Urbano”, da Conte Smart, de Daniel Souza, Rian Rodrigues e Sophia Pompeu.

No Desafio 4.i, os participantes tinham como missão buscar soluções inovadoras nas áreas de desenvolvimento de aplicativos, eficiência energética, eficiência de equipamentos e desenvolvimento ou melhoria de produtos, equipamentos e dispositivos.

O superintendente do IEL, Eduardo Vaz da Costa Jr., marcou presença na solenidade de premiação. Foi o Instituto que aplicou a metodologia do programa. “A forma que temos de reter talentos no Brasil é oferecer esses desafios que envolvem a indústria, a empresa, a academia e organizações como o IEL”, ele ressaltou. “Este pequeno exercício que fizemos aqui é muito impactante e vai marcar a vida desses jovens, com certeza, para sempre. Acredito que iniciativas como esta estimulam os jovens a se interessarem pelo trabalho na indústria, que é onde existe maior valor agregado de salários e onde a tecnologia se desenvolve. O que estamos fazendo aqui é criando uma ponte entre um grande centro de conhecimento, como é o Parque Tecnológico, a academia e as indústrias, buscando soluções que farão diferença no seu dia a dia e aumentarão a sua competitividade.”

Por fim, o coordenador do PTS e do CET 4.0, Bruno Leite, anunciou que a próxima edição do Desafio 4.i está prevista para maio de 2022 e, desta vez, será presencial, já que o programa deste ano teve de ser realizado de forma on-line.

Fotos: Rose Campos – Secom


Saiba mais