GCM detém pela terceira vez homem que violou medida protetiva ao se aproximar da mãe 

30 de março de 2024 11:34

Por: Eduardo Santinon (esantinon@sorocaba.sp.gov.br)


Fotos: GCM

 

A Guarda Civil Municipal (GCM) de Sorocaba deteve, às 17h20 de sexta-feira (29), um homem de 35 anos de idade que violou medida protetiva judicial, ao se aproximar da mãe dele, de 65 anos. Esta foi a terceira vez que o acusado foi preso pelo mesmo motivo. O caso ocorreu na Vila Haro, na Zona Leste da cidade. A vítima foi quem acionou o aplicativo de proteção às vítimas de violência sexual.

Uma equipe da Inspetoria de Operações Especiais (IOPE) da GCM foi quem atendeu ao chamado e localizou o suspeito em frente à residência da vítima. No momento da abordagem, o homem ofereceu resistência e foi contido pelos guardas, sendo encaminhado à Delegacia de Defesa da Mulher (DDM)

Na unidade policial, a autoridade de plantão determinou o indiciamento do acusado, em flagrante, novamente por descumprir a medida protetiva. Ele permaneceu preso e à disposição da Justiça. 

No ano passado, o acusado havia sido detido pela GCM, também por violação de medida protetiva, mas foi liberado na Delegacia, porque não tinha sido notificado da decisão anteriormente. Porém, este ano, ele foi detido pela segunda vez ao tentar se aproximar da mãe dele, mas acabou depois liberado pela Justiça, há cerca de 30 dias.


Saiba mais