Marido e mulher são os primeiros a se hospedar em hotel para proteção contra Covid-19

14 de agosto de 2020 18:31

Por: SECOM/SECID


 

Um casal morador do Jardim Hungarês, ele com 82 anos e ela com 72, é o primeiro a ocupar vaga em um hotel da cidade dentro do programa de atendimento a idosos em situação de vulnerabilidade dentro de suas casas, mediante necessidade de isolamento.

O trabalho da Prefeitura de Sorocaba é tocado pela Secretaria de Cidadania (Secid) para atender pessoas que precisam se isolar durante a pandemia, mas a residência não possui condições adequadas para isso. Sorocaba disponibilizou 50 vagas para esse serviço que obedece critérios de exposição dos beneficiados ao novo coronavírus,  por meio do contato com familiares infectados ou sob suspeita.

Marido e mulher estão seguindo todos os protocolos de segurança, os idosos se hospedaram no  Hotel Ibis e lá ficarão pelo tempo necessário, em razão de um dos filhos estar com suspeita de Covid 19. Eles serão acompanhados diariamente por uma equipe da Secretaria da Saúde (Ses), Secid e também da Asipeca (Associação de Socorro Imediato a Pessoas com Câncer). O apartamento onde estão abriga duas pessoas e dispõe de acesso à Internet banda larga, por meio de sistema wi-fi; tem local para a guarda de roupas e objetos pessoais; equipado com aparelho de ar condicionado, cofre para guarda de valores e frigobar; tem linha telefônica para chamadas internas e externas (custo por conta do usuário); tem sistema de TV a cabo ou satélite; possui sistema de fechadura privativa; e dispõe de toalete privativo, equipado com ducha e lavatório aquecido.

Além do Hotel Ibis estão credenciados junto à Secid o Grand Hotel Royal e o Sorocaba Park Hotel. A Prefeitura pagará uma diária de R$ 188,00, sendo que o contrato com as empresas é de noventa dias, com possibilidade de prorrogação. Os recursos advêm do governo federal.

 

 

 

 

 


Saiba mais