Agência Sorocaba de Notícias

SECOM

Oficinas de Aprendizagem proporcionam aulas de reforço a alunos do Ensino Fundamental

1 de julho de 2022 15:29

Por: Evelyn Azevedo


A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria de Educação (Sedu), vem proporcionando a estudantes do Ensino Fundamental da rede municipal de ensino uma oportunidade relevante de reforço com as aulas das Oficinas de Aprendizagem. Iniciadas no segundo semestre de 2021, as atividades promovem estudos paralelos de recuperação, auxiliando alunos que mostram essa necessidade durante o processo de aquisição das habilidades essenciais.

Essas aulas são oferecidas a alunos do 2º até o 9º ano do Ensino Fundamental, selecionados após uma avaliação diagnóstica pela escola. As oficinas incluem aulas de leitura, interpretação, além de produção textual e de matemática, todas sob a mediação de um professor responsável pelo projeto.

Os professores são responsáveis pelo planejamento didático, diversificado e adaptado, assim, possibilitando a consolidação da aprendizagem pelos estudantes. A utilização de estratégias diferenciadas são as principais apostas dos educadores. É o caso da equipe da E.M. “Dr. Getúlio Vargas”, que preparou exercícios com trava-línguas, parlendas, poemas, quebra-cabeças, edição de textos para publicações, entre outros recursos auxiliadores.

Como parte do planejamento, as aulas que abordam gêneros textuais foram reinventadas por meio de um quebra-cabeça. Para o entendimento do conteúdo, as crianças são orientadas a reconstituir textos de diferentes gêneros, utilizando trechos que são dispostos em recortes. A atividade favorece a organização de ideias acerca das características dos gêneros textuais e sua função social, além das demais noções discursivas.

* A fluência leitora vai* além do conteúdo teórico, a oralidade, pronúncia e respiração também são trabalhadas durante os encontros em grupo. O livro “O Jogo da Parlenda”, de Heloisa Prieto, foi o escolhido para trabalhar essa proposta e o intuito é evidenciar aquele que mais avançar na leitura, de maneira fluente. O exercício favorece a concentração e o desenvolvimento das habilidades de leitura em voz alta, assim como nos processos cognitivos, estimulando a interação entre os estudantes.

O projeto já atendeu mais de 4.500 estudantes só neste ano, contemplando 53 unidades de Ensino Fundamental da cidade. As turmas são compostas por até 15 alunos, todos atendidos com o consentimento dos pais ou responsáveis, sendo também ofertada a refeição necessária para garantir a segurança alimentar dos participantes.

“A ideia de oferecer as aulas das Oficinas de Aprendizagem aos alunos é poder, em cada etapa do ensino, desde os anos iniciais até os finais do Ensino Fundamental, proporcionar um apoio extra àqueles que necessitarem desse suporte, incentivando os estudantes para que aprendam, de forma autônoma e participativa, a partir de problemas e situações reais, tendo o professor como mediador e estimulando o desenvolvimento de habilidades essenciais”, ressalta o secretário da Educação, Marcio Carrara.


Saiba mais