Agência Sorocaba de Notícias

SECOM

Parque Tecnológico de Sorocaba apoia Programa Jovens Embaixadores do CCBEU oferecido a alunos da rede pública de ensino

22 de dezembro de 2021 12:46

Por: Secom


O Parque Tecnológico de Sorocaba (PTS) está apoiando uma iniciativa do CCBEU (Centro Cultural Brasil Estados Unidos), que irá selecionar 50 jovens brasileiros, estudantes do Ensino Médio em escolas públicas, a participarem de um intercâmbio gratuito para os Estados Unidos, pelo Programa Jovens Embaixadores 2022.

Até o dia 9 de fevereiro, é possível fazer a inscrição para o programa, pelo site: https://ccbeu.org/jovens-embaixadores/. Além de frequentar a rede municipal ou estadual de ensino, os candidatos precisam ter excelente desempenho acadêmico, saber falar inglês e estar engajados em um projeto que visa gerar melhorias à comunidade.

Os selecionados terão a oportunidade de realizar o intercâmbio, com duração de três semanas. A viagem, sem custos para o participante, está prevista para julho de 2022.

“Não hesitamos em apoiar o programa, quando fomos procurados pelos representantes do CCBEU de Sorocaba. As seleções serão realizadas no Parque Tecnológico. Entendemos que esse intercâmbio é importante para possibilitarmos aos jovens estudantes uma visão ampla também da realidade fora do nosso País”, afirma o presidente do PTS, Nelson Cancellara.

O programa, do CCBEU e da Embaixada e Consulado dos Estados Unidos no Brasil, será de grande relevância para os participantes e é um projeto que vai ao encontro das ações do Parque Tecnológico de Sorocaba, cujo propósito é incentivar inovação, pesquisa, tecnologia e empreendedorismo.

Sobre o Programa Jovens Embaixadores
Criado em 2002, é uma iniciativa de responsabilidade social da Embaixada dos Estados Unidos, em parceria com os setores público e privado, em ambos os países. O objetivo é beneficiar, com uma viagem de três semanas aos Estados Unidos, alunos brasileiros da rede pública, com excelente desempenho escolar, que falam inglês e pertençam à camada socioeconômica menos favorecida, além de possuírem perfil de liderança e prestarem serviço voluntário.


Saiba mais