Agência Sorocaba de Notícias

SECOM

Prefeitura autoriza chamamento de profissionais do concurso público da Educação

15 de abril de 2021 20:00

Por: Bruno Rodrigues


O prefeito Rodrigo Manga assinou, na tarde desta quinta-feira (15), no Centro de Referência em Educação (CRE), o termo que autoriza o chamamento de profissionais do concurso público da Educação.

Estiveram presentes no ato o secretário da Educação, Marcio Carrara, o secretário de Recursos Humanos, Rodrigo Onofre, o secretário de Relações Institucionais e Metropolitanas, Luiz Henrique Galvão, a Secretária de Comunicação, Fernanda Burattini e, representando a Câmara Municipal, os vereadores Dylan Dantas e Fábio Simoa.

Após consulta feita à Secretaria Jurídica (SAJ) e Secretaria da Fazenda (Sefaz), a respeito da viabilidade orçamentária e da legalidade do processo, a Prefeitura autorizou a convocação dos aprovados no concurso público, inicialmente, no quadro de magistério para suprir as vagas de reposição.

Os candidatos aprovados serão chamados na Fase Laranja do Plano São Paulo. Dessa maneira, será possível seguir os protocolos sanitários necessários.

De acordo com o secretário da Educação, Marcio Carrara, serão chamados quatro tipos de cargos. “Em princípio, chamaremos 17 vice-diretores e quatro supervisores de Ensino. Em seguida, serão chamados cerca de 120 professores de Educação Básica I e aproximadamente 70 professores de Educação Básica II”, afirma o secretário. “Os cargos para diretor e orientador pedagógico ainda não serão chamados, pois estão em situação judicial em razão de um recurso impetrado”, completa.

Os cargos de apoio escolar, compostos por auxiliar de Educação, secretário de escola e inspetor de alunos, serão chamados posteriormente.

Para o prefeito Rodrigo Manga, este é um grande momento para a cidade. “Ficamos muito felizes com este chamamento, pois é um compromisso que firmamos desde o período de campanha, quando fomos questionados se contaríamos com o serviço dos servidores. Não temos dúvidas da importância do trabalho desses profissionais e sabemos que qualidade não faltará no atendimento às nossas crianças”, salienta o chefe do Executivo.

O secretário de Recursos Humanos, Rodrigo Onofre, reforça aos candidatos aprovados e classificados quanto à importância de acompanhar as publicações no Jornal Município de Sorocaba. “Além do jornal, todos os atos e procedimentos, relacionados às convocações e realizações de sessões de escolha de vagas, são disponibilizados no site oficial da Prefeitura de Sorocaba”, frisa.

Volta às aulas

A rede municipal de ensino retoma as aulas após o final do recesso escolar, concluído no dia 20 de abril. Passando o dia 21, que é feriado, está previsto que os estudantes retornam às aulas, de forma remota, no dia 22 de abril, com as Atividades Não Presenciais (ANPs), mantendo o canal de comunicação individual de cada escola com suas respectivas comunidades.

De acordo com a pasta, as organizações para o retorno das aulas presenciais foram retomadas junto à rede e será definida nova data como meta para esse retorno, que acontecerá respeitando as regras do Plano São Paulo, de forma escalonada, com até 35% da capacidade de sala de aula, em sistema de revezamento.

A Sedu segue também com a compra de equipamentos de proteção individual (EPIs) para todos os profissionais e máscaras para os alunos.

O secretário Márcio Carrara explica que a volta das atividades presenciais dos estudantes será feita de maneira gradual, conciliando com as atividades remotas.  “Diferentemente de outras redes, nós temos algumas peculiaridades, dentre elas, o atendimento de um grande número de crianças na Educação Infantil e nos anos iniciais do Ensino Fundamental”, afirma.

Atualmente, a rede municipal atende cerca de 60 mil alunos, englobando crianças de zero a 14 anos, sendo que apenas cinco escolas atendem alunos do Ensino Fundamental, anos finais, com idade em que têm mais autonomia. “Em função disso, temos uma cautela maior no retorno presencial dos nossos estudantes, visando todos os cuidados de segurança e saúde deles, bem como de nossos profissionais que atuam nas escolas”, conclui o secretário.


Saiba mais