Prefeitura de Sorocaba reabre Barracão Cultural após obras de restauro

18 de maio de 2023 17:22

Por: Mariana Campos


Com a presença de autoridades, representantes de instituições de ensino, além de alunos, professores e a direção da Escola Municipal “Matheus Maylasky”, a Prefeitura de Sorocaba reabriu, nesta quinta-feira (18), o Barracão Cultural, antiga área de bagagem da Estação Ferroviária, localizada no Centro da cidade, após a conclusão das obras de restauro. O evento de reabertura contou com exposições da 56ª Semana do Tropeiro, além de uma apresentação de moda de viola com Arleques Violeiro, integrante da Orquestra de Violas “Zé Franco”.

A iniciativa de preservação do prédio histórico de Sorocaba foi possível graças ao convênio 777.397/2012, com o Ministério do Turismo, por meio da mandatária Caixa Econômica Federal (CEF). O restauro do Barracão Cultural englobou a revisão da cobertura e restauro das esquadrias, do revestimento de pintura, paredes internas, piso e fachadas. Esse convênio contempla, ainda, o restauro do Museu Histórico Sorocabano (MHS), Museu da Estrada de Ferro Sorocabana (MEFS) e o Casarão de Brigadeiro Tobias, que, em breve, também serão reabertos ao público.

“É uma alegria muito grande estar aqui, hoje, neste momento extremamente importante. Com trabalho e dedicação, conseguimos reaver esse convênio de 2013, com a Caixa Econômica Federal, que estava praticamente perdido, prestes a vencer, resgatando, com isso, a cultura da nossa cidade”, afirmou o prefeito Rodrigo Manga.

“A atual Administração Municipal, logo no início da gestão, tomou conhecimento que havia uma verba junto à Caixa Econômica Federal para o restauro dos prédios históricos de Sorocaba e que, infelizmente, estava prestes a vencer. Imediatamente, o prefeito Rodrigo Manga nos deu essa missão e, junto com a Jéssica Pedrosa (superintendente do CADI), conseguimos reaver esse recurso importante e garantir essas melhorias. Estou muito feliz em poder reinaugurar esse espaço hoje”, declarou o secretário de Cultura, Luiz Antonio Zamuner.

Em sua fala, a superintendente do Centro de Aceleração Desenvolvimento e Inovação (CADI), ligado à Secretaria de Administração (Sead), Jéssica Pedrosa, destacou sua satisfação de estar presente na entrega do restauro do primeiro dos quatro equipamentos culturais previstos na parceria com a Caixa. “Agradeço ao prefeito pela confiança e ao secretário Zamuner por atender a todas as demandas que tínhamos para reaver essa verba junto à CEF. Ver, hoje, os alunos do ‘Matheus Maylasky’ aqui me deixa muito feliz e só reforça a importância da arte, da cultura e da educação para a nossa sociedade”, destacou.

O gerente da CEF, Rogério Fernando do Amaral, frisou a iniciativa do prefeito Rodrigo Manga e sua equipe para garantir as melhorias para a cidade. “Foi fundamental que a atual Administração, ao assumir a Prefeitura, resolveu tocar esse projeto que estava, infelizmente, há 10 anos parado. O nosso corpo técnico fica muito feliz com a entrega desta obra e desse retorno à população. Agradeço imensamente por essa parceria com a Caixa Econômica”, elogiou.

Além do prefeito Rodrigo Manga, do secretário de Cultura, Luiz Antonio Zamuner, da superintendente do CADI, Jéssica Pedrosa, e do gerente da CEF, Rogério Fernando do Amaral, participaram da reabertura do Barracão Cultural os secretários municipais Carlos Eduardo Paschoini (Mobilidade), Fernanda Burattini (Comunicação), Alexandre Caixeiro (Segurança Urbana) e Tiago da Guia (Habitação e Regularização Fundiária), além do ouvidor-geral do Município, Evandro Bueno; do vereador e vice-presidente da Câmara Municipal, Luís Santos, do vereador Fausto Peres, que é presidente da Comissão de Cultura e Esportes da Câmara Municipal, e do vereador Vinícius Aith.

Também estavam presentes o representante da CEF, Marcos Antônio Sansão, o presidente do Conselho Superior da Faculdade de Direito de Sorocaba (Fadi), Dante Cattuzo Junior, o promotor de Justiça e diretor da Fadi, Gustavo Gazolla, o Pró-reitor do Centro Universitário Facens, Luciano Freire, o Comandante da Guarda Civil Municipal (GCM), Davi Dutra, os representantes do Conselho Municipal de Política Cultural (CMPC), Marcelo Nascimento e Mario Persico, a diretora da Escola Municipal “Matheus Maylasky”, Silvia Martins dos Santos, e a vice-diretora da mesma instituição, Selma Ribeiro.

 

Sobre o Barracão Cultural

O Barracão Cultural vai absorver parte da produção artística da cidade, com o intuito de que grupos, companhias, artistas individuais, coletivos, associações, dentre outros, possam utilizar esse espaço para ensaios, apresentações, oficinas, exposições e produção cultural.

O objetivo da Secretaria de Cultura é valorizar a diversidade cultural, criar ambientes propícios à criatividade e ao processo de produção cultural, promovendo a formação de público e diálogo entre os agentes culturais da cidade e as comunidades do espaço ocupado.

Para isso, neste ano, a Secult publicou um edital de chamamento para ocupação cultural do Barracão Cultural, no qual grupos, companhias, artistas individuais, coletivos, associações, dentre outros poderiam se inscrever. Com isso, o espaço público contará com uma programação variada e gratuita, até dezembro, com oficina de teatro, ensaio aberto de coral, aula de capoeira, encontros do Fórum Municipal de Hip Hop, entre outros.

Já, as exposições “Fragmentos da Memória Tropeira” e “Sorocaba, a Cidade da Feira de Muares” podem ser conferidas gratuitamente no Barracão Cultural até o dia 31 de maio, de segunda a sexta-feira, das 11h às 16h. As mostras contam com itens do Museu Histórico Sorocabano e um acervo iconográfico que reproduz a história da cidade acerca do tema do Tropeirismo.

O Barracão Cultural está localizado na Avenida Afonso Vergueiro, 330, no Centro, ao lado da antiga Estação Ferroviária. Mais informações podem ser obtidas, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, pelo telefone: (15) 3212-8170.

 

Fotos: Michelle Alves e Renan Tonet/Secom

 


Saiba mais