Agência Sorocaba de Notícias

SECOM

Procon Sorocaba orienta para as compras do Dia dos Namorados

24 de maio de 2021 16:58

Por: Michelle Alves


Com a reabertura do comércio e a proximidade do Dia dos Namorados, no dia 12 de junho, o Procon Sorocaba, vinculado à Secretaria Jurídica (SAJ), da Prefeitura de Sorocaba, destaca uma série de orientações ao consumidor relacionadas a essa data comemorativa, que é uma das mais importantes para o comércio.

Tão fundamental quanto acertar no presente, é sair às compras já com uma definição do que adquirir, pois isso tornará mais fácil a pesquisa sobre preços e qualidade, além da praticidade na escolha do produto. Evitar as compras por impulso também é essencial para prevenir que o orçamento fique apertado.

É importante ficar atento a possíveis publicidades enganosas e links, mensagens de texto ou e-mails sem procedência recebidos. Os sites confiáveis costumam possuir o ícone de um cadeado ao lado esquerdo do endereço eletrônico. Além disso, é bom certificar-se da origem da informação recebida, por meio da consulta do CNPJ da empresa, endereço físico e canais de atendimento (SAC).

“Na hora da compra, o consumidor deve ainda estar atento aos produtos em exposição, pois todos os itens devem apresentar seus preços de forma clara e ostensiva, bem como se existe opção de parcelamento e, neste caso, a mercadoria deve conter os dois preços: o total à vista e as parcelas. O fornecedor também deve informar os juros praticados, se houver e o número e a periodicidade das prestações, no caso dos pagamentos a prazo”, alerta a superintendente do Procon Sorocaba, Cristiane Bonito Rodrigues.

Acompanhe as dicas do Procon Sorocaba para que seja feita a melhor compra possível nesta data especial:

Priorize as compras eletrônicas

As compras pelos canais eletrônicos são excelente alternativa na pandemia. Antes de concluir a compra, confira o valor no carrinho virtual e atente-se ao preço do frete cobrado. Nas compras com pagamento a prazo, é bom certificar-se do preço final do produto, possíveis taxas de juros, número de parcelas e eventuais outros acréscimos. O pagamento à vista, em muitos casos, pode render bons descontos.

Atenção aos sites estrangeiros

Redobre a cautela com os sites que não se sujeitam à legislação brasileira. É importante verificar se, pelo menos, têm sede no Brasil.

Pesquise antes

Existem aplicativos e sites especializados que comparam preços e variações durante um período determinado. Evite comprar por impulsividade!

Prefira pagamentos por cartões ou métodos que permitam estorno

Evite boletos bancários. Mas, se optar por essa forma de pagamento, para não cair no “golpe do boleto”, verifique o CPF ou o CNPJ do beneficiário e do pagador, endereço, valor da cobrança, data de vencimento e informações sobre possíveis encargos.

Política de trocas e entregas dos produtos

Verifique as condições estabelecidas para troca de produtos, principalmente em virtude da pandemia. É importante informar-se quanto aos riscos de não provar o produto antes da compra. Lembrando, ainda, que o estabelecimento não é obrigado a trocar produtos em razão do gosto pessoal ou do tamanho. E sempre exija a nota fiscal!

Nas aquisições feitas fora do estabelecimento comercial, por telefone, em domicílio, telemarketing, catálogos ou via internet, deve-se exigir o comprovante da data de entrega combinada. O prazo de desistência da compra, nesses casos, é de sete dias a contar da sua confirmação ou do recebimento do produto. No ato da entrega, o consumidor só deverá assinar o documento de recebimento, após examinar o estado da mercadoria. Havendo irregularidades, estas devem ser relacionadas no próprio documento, justificando, assim, o não recebimento.

Para a entrega de produtos ou prestação de serviços, o fornecedor que atua no Estado de São Paulo deve obedecer às determinações da Lei da Entrega (Lei Estadual 14.951/13). De acordo com ela, as empresas devem fixar data e turno, que podem ser das 7h às 11h; das 12h às 18h e das 19h às 23h, para a entrega de produtos e a realização de serviços.

O consumidor que identificar ou suspeitar de irregularidades, pode acionar o Procon, por meio do WhatsApp: (15) 99198-2958. Mais informações podem ser obtidas pelo: http://procon.sorocaba.sp.gov.br/


Saiba mais