Agência Sorocaba de Notícias

SECOM

Saae/Sorocaba intensifica campanha de conscientização para economia de água

21 de agosto de 2021 10:18

Por: Eduardo Santinon (esantinon@sorocaba.sp.gov.br)


 

O Serviço Autônomo de Água e Esgoto (Saae) de Sorocaba intensifica, a partir desta segunda-feira (23), a campanha de conscientização da população quanto à necessidade de economizar e fazer o uso consciente da água. As ações de comunicação, divulgadas por meio dos veículos da cidade e das atividades de educação ambiental, estão sendo ampliadas, além de tomadas outras medidas do ponto de vista institucional e operacional da autarquia. O objetivo é garantir a manutenção do abastecimento público de água com qualidade, durante o atual período de estiagem.

“O apoio da população é fundamental para que continue havendo água com qualidade para todos. O enfrentamento de uma possível crise hídrica exige colaboração e grandes esforços de planejamento, principalmente quando consideramos a ocorrência de períodos históricos sem chuvas”, ressalta o diretor-geral da autarquia, Ronald Pereira da Silva.

O Saae/Sorocaba atua em três frentes: Comunicação e Educação Ambiental, Ações Institucionais e Ações Operacionais. Quanto ao primeiro item, a autarquia e a Secretaria de Comunicação (Secom) da Prefeitura de Sorocaba prepararam uma ampla campanha de comunicação, englobando todos os meios: rádios, TVs, jornais, mídias sociais, mobiliário urbano, nos terminais de ônibus, com materiais especiais para cada tipo de veículo. Até uma mascote, o Saaezinho, foi criado para essa ação de conscientização.  

Suspensas desde o ano passado devido à pandemia de Covid-19, também está programada a retomada das palestras e dos treinamentos sobre economia de água, feitos pelas equipes do Saae/Sorocaba, com o apoio de entidades, associações e ONGs. A inserção de folhetos explicativos nas contas de água, falando sobre a importância do uso consciente e da economia, é outra medida que será implementada, assim como o programa de orientação nos condomínios, principalmente onde não há hidrômetros individualizados.

“As visitas de porta em porta nas residências, com a abordagem aos munícipes sobre possíveis situações de desperdício e entregando um folheto educativo, já foram retomadas e terão continuidade durante todo o período de estiagem”, adianta o diretor-geral do Saae/Sorocaba.

 

Ações Institucionais e Operacionais

Dentro dessa campanha, as ações institucionais do Saae/Sorocaba englobam tratativas com grandes consumidores privados (empresas e indústrias), para incentivá-los a adotar medidas que resultem na redução do consumo de água. A atuação junto ao governo municipal e estadual, para redução do consumo nos prédios públicos e intensificação da fiscalização no combate ao desperdício e uso inadequado da água, também está prevista.

Do ponto de vista operacional, o Saae/Sorocaba já adota, diariamente, uma série de ações e medidas, desde a captação até o tratamento, para tornar possível a distribuição da água com a máxima qualidade à população. Porém, está intensificando o monitoramento dos reservatórios e das bacias, quanto aos níveis operacionais, e implantando o seu Programa de Redução e Controle de Perdas no sistema de distribuição.

Também tem promovido a redução da pressão do sistema, em determinados horários do dia, ação que apresenta resultados significativos na diminuição da vazão das represas, assim como o controle ativo dos vazamentos, com rapidez de atendimento aos chamados, dentre outras várias medidas. “Um trabalho complexo, que envolve investimentos, profissionais qualificados, pesquisas, obras de infraestrutura, manutenção e um forte trabalho de redução de perdas”, diz Ronald Pereira da Silva.

 

Consumo médio do sorocabano está bem

acima do País e do recomendado pela ONU e OMS!

 

A necessidade da campanha de conscientização da população sorocabana também adota como base os dados da Organização das Nações Unidas (ONU) e da Organização Mundial da Saúde (OMS), os quais apontam que 110 litros (0,11 m3) de água por dia são suficientes para atender as necessidades básicas do ser humano. Outra informação levada em consideração é a média nacional de consumo de água, de 155 litros diários por pessoa, bem como a média da população sorocabana, de 187 litros por pessoa, ao dia. Ou seja, o sorocabano está consumindo muito acima da média do país e do recomendado pela ONU e OMS!

Outro fato que chama a atenção do Saae/Sorocaba, principalmente neste período de estiagem, é de que a última chuva expressiva que atingiu Sorocaba foi no dia 15 de abril, ou seja, há mais de quatro meses. Com isso, os mananciais que abastecem o município não conseguiram, até o momento, melhorar como deveriam os seus níveis operacionais.

O Saae/Sorocaba considera que a economia e o consumo consciente da água pela população são fundamentais para a preservação dos mananciais hídricos do município.  “Pensando nisso, também lançamos uma Calculadora de Consumo de Água, para que cada família avalie e controle o quanto utiliza de água em sua residência”, fala o diretor-geral do Saae/Sorocaba. O serviço é on-line e está disponível no link: https://www.saaesorocaba.com.br/calculadora-de-consumo-de-agua/ 

A autarquia reforça que a colaboração dos usuários, durante todo o ano, é fundamental. A dica é evitar gastos desnecessários e desperdícios, tais como:

– Fechar bem as torneiras após o uso e enquanto escova os dentes ou faz a barba; 

– Evitar banhos demorados; 

– Antes de lavar a louça, remover restos de comida dos pratos e das panelas, deixando-os de molho; 

– Evitar lavar as calçadas e o carro com mangueira; 

– Molhar as plantas ao entardecer ou amanhecer, quando o sol é mais ameno; 

– Utilizar a capacidade máxima da máquina de lavar roupas e ficar atento a possíveis vazamentos em pias, chuveiros e vasos sanitários.

O Saae/Sorocaba mantém canais de contato direto com a população. Os telefones disponíveis são o 0800 770 11 95 (ligação gratuita) e o (15) 3224-5800, além do WhatsApp: (15) 98158-3936 e do e-mail: fale@saaesorocaba.sp.gov.br.

 

 


Saiba mais