Agência Sorocaba de Notícias

SECOM

Secretaria da Educação realiza formação de professores da rede municipal no projeto “Lugares de Ler”

30 de junho de 2022 11:57

Por: Evelyn Azevedo


Os professores da rede municipal de ensino, que fazem parte do projeto “Lugares de Ler”, participaram, nesta quarta-feira (29), de uma formação sobre as atividades desenvolvidas como parte dessa iniciativa. Realizado na Biblioteca Municipal “Jorge Guilherme Senger”, o encontro contou com a presença de 150 professores e abordou o método para organização e catalogação de acervo de materiais para o projeto, assim como o processo de mediação da leitura na Educação Infantil e Ensino Fundamental.

As orientações foram compartilhadas pela bibliotecária Flávia Tamborra, que atua na rede há 13 anos. A profissional ressaltou a importância do momento para a troca de experiências junto aos docentes presentes. “Aqui, posso ajudar, com meus conhecimentos como bibliotecária, no importante trabalho que está sendo desenvolvido, enquanto os educadores colaboram, dividindo suas vivências com os livros. Isso é enriquecedor, tanto pra mim, quanto para eles”, ela avalia.

Criada com o objetivo de incrementar, além de ressignificar, espaços de leitura nas escolas da rede municipal, a iniciativa busca desenvolver o comportamento leitor das crianças, como parte da rotina escolar. “Sabemos que a leitura é imprescindível para todas as idades, pois incentiva a busca por descobertas e abre diversas possibilidades para o conhecimento. Nossa intenção é apresentar esse mundo aos alunos, de maneira lúdica e com muito encantamento”, declarou a gestora de Desenvolvimento Educacional da Secretaria de Educação (Sedu), Aretha Fabiana do Amaral Felicio, também presente na formação.

“Todos os envolvidos no projeto estão conscientes do imenso valor que a leitura tem na formação das crianças. O estímulo diário dentro das escolas é um dever dos educadores e, com essa iniciativa, buscamos fomentar, ainda mais, o acesso às obras que auxiliam no crescimento intelectual dos nossos alunos”, ressaltou o secretário da Educação, Marcio Carrara.

Além do estudo teórico, o curso oferecido pela Sedu proporcionou um momento lúdico aos educadores. Organizada pela professora e contadora de histórias da Sedu, Leila Chinelatto, a dinâmica da peneira incentivou, de forma descontraída, o compartilhamento de parlendas, trava-línguas, cantigas de roda, poemas, entre outros recursos para o desenvolvimento da oralidade na Educação Infantil. “Com o momento lúdico, nós conseguimos ressaltar que a leitura tem movimento, tirando a ideia de que sua vivência se limita ao livro. Assim, nós conseguimos incentivar, também, a inclusão do folclore dentro das atividades propostas pelos professores durante o projeto”, destacou Leila.

Dessa forma, o encontro foi finalizado com muita diversão e aprendizado, inspirando os professores a reproduzirem essa mesma dinâmica com os alunos em sala de aula.

Fotos: Michelle Alves / Secom

 


Saiba mais