Agência Sorocaba de Notícias

SECOM

Sorocaba assina termo de adesão a sistema integrado de segurança pública federal Córtex

16 de novembro de 2021 17:41

Por: Eduardo Santinon (esantinon@sorocaba.sp.gov.br)


 

A Prefeitura de Sorocaba está aderindo ao Sistema Córtex, uma Plataforma Integrada de Operações e Monitoramento de Segurança Pública, do Governo Federal. A assinatura do termo de cooperação técnica com o Ministério da Justiça e Segurança Pública foi feita pelo prefeito Rodrigo Manga, em ato realizado na tarde desta terça-feira (16), no Paço Municipal.

O sistema, gerido pela Secretaria de Operações Integradas (Seopi), órgão vinculado ao Ministério da Justiça, permite a gestão de operações, por meio da unificação de dados das forças policiais e de vigilância viária, como, por exemplo, a partir da leitura de placas de veículos captadas por câmeras distribuídas por rodovias, pontes, túneis, ruas e avenidas de todo o País. A ferramenta ainda facilita o processo de produção de pesquisas, além de compilar resultados de ações de segurança.

Também estiveram presentes no ato o secretário-adjunto da Seopi, Bráulio do Carmo Vieira de Melo; o diretor de Operações da Seopi, Jerry Antunes de Oliveira; os secretários municipais Carlos Eduardo Paschoini (Mobilidade e Desenvolvimento Estratégico – Semob) e Coronel Vitor Gusmão (Segurança Urbana – Sesu); o deputado estadual Danilo Balas; o comandante da Guarda Civil Municipal (GCM) de Sorocaba, Henrique de Agrella; o Chefe de Gabinete da Prefeitura, André Moron; o Comandante interino do 7º Batalhão da Polícia Militar (7º BPMI), Major Haro, e, pela Câmara Municipal, os vereadores Ítalo Moreira e Rodrigo do Treviso.

“A busca pela inovação é uma das características desta Administração Municipal e, por meio da adesão a esse sistema, damos mais subsídios para que as forças locais tenham acesso às informações federais, de modo que possam agir de forma ainda mais rápida e precisa, a fim de garantir a segurança da nossa população”, destacou o prefeito Rodrigo Manga.

A adesão ao Córtex pelos órgãos públicos é feita sem nenhum custo financeiro, cuja ferramenta é aplicada, exclusivamente, para os fins voltados à segurança pública, não sendo permitido seu uso por empresas privadas e para outras finalidades. Conforme o secretário-adjunto da Seopi, o objetivo é ampliar a abrangência do Córtex, “buscando parcerias em todo o Brasil, integrando as forças de segurança estaduais, municipais e federais, dando cada vez melhores condições no combate à criminalidade”.

Uma vez assinado o acordo de cooperação entre Sorocaba e o Ministério da Justiça, agora ocorrerá a completa integração dos sistemas e o treinamento das equipes. “Sorocaba já conta com 320 câmeras que fazem a leitura de placas de veículos e um total de 600 equipamentos que pode ser adaptados para receber a tecnologia de reconhecimento facial. A meta é integrar todas no Córtex, para que Sorocaba tire o maior proveito dessa ferramenta tão importante para a segurança pública”, apontou o secretário da Semob, Carlos Eduardo Paschoini.

O deputado Danilo Balas foi o responsável por intermediar o contato entre a Prefeitura de Sorocaba e o Ministério da Justiça, para a adesão à plataforma. “O Governo Federal está levando aos municípios o que tem de melhor. Sorocaba é, mais uma vez, pioneira na região e se colocada, também, na vanguarda no cenário nacional”, mencionou.

“O Córtex vai propiciar um avanço na nossa tecnologia de monitoramento. Sorocaba ganhará qualidade em gestão de operações integradas de segurança e no acompanhamento de atividades e indicadores desse setor. É mais uma ação que vem para somar a todo o trabalho integrado de segurança pública já realizado, reunindo GCM, PM, Polícia Civil e Polícia Federal”, complementa o secretário da Sesu, Coronel Vitor Gusmão.


Saiba mais