Agência Sorocaba de Notícias

SECOM

Sorocaba é a primeira cidade do Estado de São Paulo em geração de empregos na indústria

14 de janeiro de 2022 18:52

Por: Bruno Rodrigues



A cidade de Sorocaba concluiu o ano de 2021, até novembro, liderando o ranking de geração de empregos no setor industrial, superando, inclusive, a capital paulista. Os dados foram apresentados pelo Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), em levantamento feito pelo Ciesp (Centro das Indústrias do Estado de São Paulo).

O saldo líquido em número absoluto de empregos criados na indústria, no mês de novembro de 2021, mostra que Sorocaba gerou 440 novas vagas formais, seguida de Bragança Paulista, com 301; Ribeirão Preto, com 293; e Araraquara, com 277. Cidades de maior porte, como Campinas e São Paulo, geraram menos postos de trabalho naquele mês, 222 e 205, respectivamente.

No saldo acumulado do ano de 2021 até novembro, Sorocaba sustenta a segunda colocação no ranking de todo o estado, com 9.849 vagas disponibilizadas, superando Campinas, com 9.338 postos de trabalho e ficando atrás apenas de São Paulo capital, que gerou 14.954 vagas.

“Não temos dúvida do potencial de crescimento econômico de Sorocaba, sobretudo no setor da indústria. Esses dados mostram que a nossa cidade está cada vez mais resgatando o orgulho do cidadão sorocabano para viver aqui e, consequentemente, melhorando a qualidade de vida dos munícipes e seus familiares”, salienta o prefeito Rodrigo Manga.

Para o secretário de Desenvolvimento Econômico Trabalho e Turismo (Sedettur), Robson Coivo, a qualificação profissional influencia diretamente na colocação e recolocação dos profissionais no mercado. “Ao longo de 2021, foram ofertados cerca de 5.000 cursos profissionalizantes, por meio da Uniten, o que contribui para o preparo do trabalhador, suprindo as necessidades dos empregadores”, explica.

“Esse resultado é um trabalho conjunto que reúne o setor industrial com o setor público, envolvendo a Prefeitura, o Parque Tecnológico e a Sedettur, além das faculdades e universidades. Outro fator fundamental na geração de empregos e atratividades nos investimentos está diretamente relacionado à Lei de Incentivo Fiscal municipal”, comenta o diretor titular do CIESP Sorocaba, Erly Domingues de Syllos. “Além disso, Sorocaba também oferece uma ótima infraestrutura para receber essas empresas, contando com excelente mão de obra e, ainda, uma privilegiada localização, favorecendo o trabalho logístico. Por tudo isso, Sorocaba está de parabéns pelo excelente resultado”, completa.

Outro fator determinante é o investimento que Sorocaba vem recebendo de grandes empreendimentos, ampliando turnos e aumentando o número de oportunidades de trabalho no município. Além disso, a Prefeitura de Sorocaba realizou, em 2021, dois megamutirões de emprego. No primeiro evento, mais de 2.300 pessoas foram encaminhadas para vagas de trabalho e, na segunda edição, mais cerca de 1.000 pessoas foram atendidas em diversas áreas, incluindo a indústria.

Crescimento em todos os setores

Na mesma esteira de empregabilidade, seguindo uma sequência positiva de sete meses consecutivos de criação de vagas, incluindo todos os setores, Sorocaba registrou, em 2021, no acumulado até novembro, um crescimento de 15 vezes o saldo de empregos criados no mesmo período do ano anterior.

O número saltou de um saldo de 1.201 vagas até novembro de 2020, para 15.226 novos postos de trabalho até novembro de 2021. Foram realizadas 102.479 admissões, de janeiro a novembro do ano passado, ante 87.253 desligamentos. Já, no mesmo período de 2020, foram gerados 73.643 empregos e realizados 72.442 desligamentos.

O saldo positivo de empregos na cidade ficou à frente também de cidades com igual ou maior porte, como São Bernardo do Campo (14.838 vagas), Santo André (9.653) e São José dos Campos (8.713).


Saiba mais