Agência Sorocaba de Notícias

SECOM

Prefeitura torna comunidade Santa Luiza uma área de interesse social

7 de maio de 2021 20:28

Por: Eduardo Santinon (esantinon@sorocaba.sp.gov.br)


 

A Prefeitura de Sorocaba deu o pontapé inicial para proporcionar melhores condições de moradias aos habitantes da comunidade Santa Luiza, na Zona Norte de Sorocaba. A Lei Municipal nº 12.292/2021, que transforma essa localidade em Área de Especial Interesse Social (Aeis), foi sancionada pelo prefeito Rodrigo Manga na tarde desta sexta-feira (7), durante ato no local.
A medida é fundamental no processo para criação de um núcleo habitacional regularizado, inclusive, para fins de estudos para urbanização e a revitalização dessa área, bem como para a criação de um Banco de Terras, com a finalidade de atender legalmente essas famílias.
“O objetivo é trazer dignidade para essas famílias. Foi uma luta árdua, pois são famílias que, no passado, sofreram até ameaças e quase tiveram que deixar suas casas, sem ter para onde ir. Estudamos a melhor maneira de atender essa comunidade e a Câmara Municipal aprovou essa nossa proposta”, destacou o prefeito.
Durante o ato, o prefeito Rodrigo Manga esteve acompanhado dos secretários municipais Clayton Lustosa (Cidadania) e Luiz Henrique Galvão (Relações Institucionais e Metropolitanas), além do Ouvidor-Geral do Município, Evandro Bueno, e dos vereadores Fabio Simoa e Fausto Peres.
“Foi uma luta, um sofrimento que durou seis anos e, hoje, recebemos essa notícia boa. É uma vitória de todos nós moradores. Só queremos o nosso espaço para morar. Valeu mesmo!”, disse Vania Estefânia Martin, uma das representantes da comunidade Santa Luiza e que não fazia questão de esconder a satisfação em ver seu sonho se tornar realidade.
Ainda, o prefeito adiantou que uma comissão de moradores será convidada para participar de reunião, a fim de discutir com a CPFL Piratininga a instalação de rede de iluminação pública na comunidade. O encontro será agendado e deve ocorrer já nas próximas semanas.
Devido à situação de vulnerabilidade das famílias da comunidade Santa Luiza, a Secid já realizou um cadastramento de todas elas e, durante o ato, o secretário de Cidadania destacou que haverá a entrega de cestas básicas para esse público, na forma de apoio social, cuja distribuição terá início já na próxima semana.

 


Saiba mais